ESTRUTURA CURRICULAR DO DOUTORADO


ESTRUTURA CURRICULAR – DOUTORADO (a partir da turma de 2017)


O currículo do Doutorado em Educação compreende um total de 50 (cinquenta) créditos assim distribuídos:

12 créditos em disciplinas do Núcleo Comum

06 créditos em Seminário de Tese

08 créditos de Orientação de Tese

04 créditos em Estágio de Docência do Doutorando (EDD-I e EDD-II) (*)

08 créditos no Núcleo de Atividades de Pesquisa (**)

12 créditos referentes à elaboração e defesa de Tese

Total: 50 créditos

(*) O Estágio de Docência é obrigatório para todos os bolsistas do Programa de Demanda Social – DS – CAPES e de outras agências que exijam tal atividade.

(**) Discente que não cursar EDD-I e EDD-II, deve comprovar 12 (doze) créditos no Núcleo de Atividades de Pesquisa.

 

 Núcleo Comum Carga horária/semestre Créditos
ED-51003 Fundamentos Teórico-epistemológicos da Educação I 60h/1º sem. 04
ED-51004 Fundamentos Teórico-epistemológicos da Educação II 60h/2º sem. 04
ED-55001 Seminário Avançado – Doutorado 60h/2º sem. 04
Seminário de Tese
ED-55004 Seminário de Tese I 45h/3ºsem. 03
ED-55005 Seminário de Tese II – Ensino e Aprendizagem 45h/4º sem. 03
ED-55006 Seminário de Tese II – História e Política Educacionais 45h/4º sem. 03
Orientação de Tese
ED-52008 Orientação de Tese de Doutorado  I (OTD – I) 30h/3º sem. 02
ED-52009 Orientação de Tese de Doutorado  II (OTD – II) 30h/4º sem. 02
ED-52010 Orientação de Tese de Doutorado  III (OTD – III) 30h/5º sem. 02
ED-52011 Orientação de Tese de Doutorado  IV (OTD – IV) 30h/6º sem. 02
Estágio de Docência
ED-53006 Estágio de Docência Doutorando I (EDD-I) 30 2
ED-53007 Estágio de Docência do Doutorando II (EDD-II) 30 2
Núcleo de Atividades de Pesquisa
ED-53001 Participação em Grupo de Estudos e Pesquisa 60/* 04/*
ED-53002 Participação em Seminários Temáticos e/ou defesas de Tese e Dissertação * *
ED-53003 Estudos individualizados * *
ED-53004 Publicação de trabalhos completos em anais de eventos, livros, capítulos e artigos * *
Trabalho de Conclusão
ED-54002 Tese de Doutorado 180 12

 

(*)   Créditos variáveis atribuídos segundo os critérios definidos pelo Colegiado do PPGE.

 

Observação:

– Os doutorandos podem também cursar disciplinas de Tópicos Especiais e Seminários Especiais (optativas) como complementação.

 


Ementas


Fundamentos Teórico-epistemológicos da Educação I

As raízes clássicas dos fundamentos teórico-epistemológicos daeducação: Filosofia Grega (Platão e Aristóteles) e Medieval (Santo Agostinho e São Tomás de Aquino).As raízes modernas dos fundamentos teórico-epistemológicos daeducação: racionalismo, empirismo e criticismo (Descartes, Bacon, Locke, Comênio, Herbart, Rousseau e Kant). A concepção positivista de educação e de produção do conhecimento (Comte e Durkheim). A concepção dialética hegeliana e marxiana de educação e de produção do conhecimento (Hegel e Marx). O debate sobre ciência ou ciências da educação.

 

Fundamentos Teórico-epistemológicos da Educação II

Asraízes contemporâneas dos fundamentos teórico-epistemológicos daeducação: o pragmatismo e a educação (Dewey e Rorty);o marxismo e a educação (Gramsci);o estruturalismoe a educação (Althusser e Bourdieu); a epistemologia histórica (Bachelard e Bourdieu); a teoria pós-estruturalista e a educação (Foucault); a teoria e a epistemologia crítica em educação (Adorno, Horkheimer e Habermas); a epistemologia racionalista crítica de Popper; a teoria pós-moderna e a educação (Lyotard e Sousa Santos); o relativismo de Kuhn.A produção científica em educação: abordagens predominantes.

 

Seminário Avançado

Articulação de conceitos, teorias e métodos na construção da tese. Redação acadêmica. Argumentação. Revisão de literatura. Tese integrada e macroestrutura. Uso de recursos online. Portal de periódicos da CAPES. Normas de resumo. Análise da relação forma/conteúdo em livros, teses, dissertações e periódicos da educação. Questões éticas da pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. Identificação das diferentes abordagens teórico/metodológicas que constituem a produção acadêmica em uma perspectiva crítica.

 

Seminário de Tese I

Discussão do projeto de tese. Aprofundamento das abordagens e dos procedimentos de pesquisa. Análise de dados. Discussão de questões teórico-metodológicas da pesquisa em educação a partir das temáticas de pesquisa dos doutorandos.

 

Seminário de Tese II

Discussão coletiva, em cada uma das linhas de pesquisa, das abordagens teórico-metodológicas propostas nos projetos de tese dos doutorandos, privilegiando as questões relacionadas às etapas da pesquisa, definição da macroestrutura, análise de dados, etc.

 

Orientação de Tese de Doutorado (OTD – I, OTD – II, OTD – III e ODT – IV)

Atividade acadêmica de sistematização do projeto de tese e o seu desenvolvimento, realizada sob orientação e avaliação docente. A produção esperada para cada semestre de orientação será definida pelo doutorando e pelo orientador, de acordo com o projeto pedagógico do Curso de Doutorado. O Projeto Pedagógico do Curso de Doutorado em Educação estabelece as seguintes diretrizes para o Núcleo de Orientação de Tese:

 

Orientação de Tese de Doutorado I (OTD – I)

A produção esperada da ODT I é a reelaboração do projeto de tese, refinamento e aprofundamento do referencial teórico e articulação desses referenciais com os demais itens do projeto de tese.

 

Orientação de Tese de Doutorado II (OTD – II)

A produção esperada da ODT II é a finalização projeto de tese; definição do referencial teórico da tese e articulação desses referenciais com os demais aspectos do projeto de tese; revisão de literatura; definição de aspectos metodológicos da pesquisa.

 

Orientação de Tese de Doutorado III (OTD – III)

A produção esperada da ODT III é a testagem de instrumentos de coleta de dados; discussão e aprofundamento de questões relacionadas à coleta e análise de dados; delineamento de estratégias para a elaboração de uma tese integrada e de elementos de originalidade na produção acadêmica; construção do argumento principal; redação de capítulos.

 

Orientação de Tese de Doutorado IV (OTD – IV)

A produção esperada da ODT IV é a finalização do relatório de pesquisa a ser apresentado no Exame de Qualificação de Tese de Doutorado.

 

Estágio de Docência de Doutorando I e II (EDD – I e EDD – II)

O Estágio de Docência é parte integrante da formação do pós-graduando, objetivando a preparação para a docência e a qualificação do ensino de Graduação sendo obrigatório para todos os bolsistas da Capes – Programa de Demanda Social – DS da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES e de outras agências que obrigarem tal atividade, em conformidade com a Res. CEPE nº 021, de 19 de julho de 2016.

 

Tópicos Especiais (Optativa para alunos de Doutorado)

Estudo de temas relacionados às temáticas de Pesquisa dos pós-graduandos ou de aprofundamento teórico-metodológico das Linhas de Pesquisa do Programa. Os Tópicos Especiais serão definidos a partir das Linhas de Pesquisa a cada semestre.

 

Seminários Especiais (Optativa para alunos de Doutorado)

Estudo aprofundado de temas e questões específicas.

 

Núcleo de Atividades de Pesquisa

  1. a)Participação em Grupo de Estudos e Pesquisa

Participação efetiva nas discussões e atividades do Grupo de Pesquisa ao qual está vinculado.

 

  1. b)Participação em Seminários Temáticos e/ou defesa de tese ou dissertação

Seminários Temáticos: apresentação e discussão de temas emergentes, resultados de pesquisa e/ou temas que pretendem atender as necessidades e interesses dos pós-graduandos e dos Grupos de Pesquisa.

Participação em defesas de teses e dissertações: atividade relevante par ao processo de formação do pós-graduando.

 

  1. c)Estudos individualizados

Atividade desenvolvida pelo pós-graduando com o objetivo de complementar os estudos dos doutorandos tanto no núcleo comum quanto no núcleo específico em função das necessidades da pesquisa para a Tese. São planejados pelo doutorando em comum acordo com o orientador e aprovados pelo Colegiado do PPGE.

 

  1. d)Publicação de trabalhos completos em anais de eventos, livros, capítulos e artigos

Estimulo à participação em eventos e publicação de resultados de pesquisa. A atribuição de créditos é realizada a partir dos critérios definidos pelo Colegiado do PPGE.

 

 

Tese de Doutorado

Texto acadêmico-científico resultante de pesquisa desenvolvida sob orientação, com discussão de elementos teórico-empíricos e metodológicos na forma de trabalho final, defendido e aprovado publicamente diante de uma Banca Examinadora. A Tese caracteriza-se pela apresentação de elementos de originalidade, argumentação, reflexão teórica densa, rigor científico e emprego de linguagem acadêmico-científica.

 

Requisitos para a obtenção do título de Doutor em Educação (de acordo com o Regulamento do PPGE):

I – completar os créditos exigidos para Doutorado;

II – comprovar, até o 30º mês após a matrícula, a aprovação em Exame de Suficiência e, duas línguas estrangeiras, podendo-se aproveitar a proficiência comprovada para o Mestrado;

III – ser aprovado no Exame de Qualificação do Doutorado, a ser realizado até o 32º mês após a matrícula;

IV – comprovar a publicação de 01 (uma) produção bibliográfica qualificada (livro, capítulo ou artigo) como primeiro autor (ou aceito para publicação) e a apresentação de dois trabalhos completos em eventos qualificados, sendo o primeiro autor em pelo menos um dos trabalhos;

V – comprovar a participação efetiva em Grupo de Pesquisa e em seminários temáticos ofertados pelo Programa;

VI – ser aprovado na arguição de sua Tese de Doutorado.

 


Estrutura curricular: Doutorado (Até turma de 2016)


Objetivos do Doutorado em Educação:

  • Formar pesquisadores de alto nível com capacidade para exercer a crítica epistemológica e a crítica ideológica.
  • Formar pesquisadores capazes de liderar grupos de pesquisa, desenvolver e orientar pesquisas e publicar resultados de pesquisas.
  • Fomentar a formação de pesquisadores capazes de contribuir para o avanço do conhecimento no campo da educação, bem como para a intervenção possível na realidade, com vistas à sua transformação.
  • Contribuir para a consolidação e expansão da pesquisa no âmbito da Instituição e do Mestrado em Educação.
  • Ampliar os fóruns de debates sobre formação de professores, políticas educacionais, práticas pedagógicas adequadas para o contexto sociopolítico e educacional atual.
  • Diminuir a disparidade regional em termos de produção científica e de formação de pessoal da região geoeducacional da UEPG frente às demais regiões do Estado.

O currículo do Doutorado em Educação compreende um total de 50 (cinquenta) créditos assim distribuídos:

  • 08 Créditos nas Disciplinas do Núcleo Comum
  • 14 créditos em Disciplinas do Núcleo Específico
  • 08 créditos de Orientação de Tese
  • 08 créditos do Núcleo de Atividades de Pesquisa
  • 12 créditos referentes à elaboração e defesa de Tese

Currículo – Doutorado

Núcleo Comum Carga horária Créditos
ED-51001 Fundamentos Epistemológicos da Pesquisa em Educação 60 04
ED-51002 Teoria e Educação 60 04
Núcleo Específico
ED-55001 Seminário Avançado I 60 04
ED-55002 Seminário Avançado II – Ensino e Aprendizagem 60 04
ED-55003 Seminário Avançado II – História e Políticas Educacionais 60 04
ED-55004 Seminário de Tese I 45 03
ED-55005 Seminário de Tese II – Ensino e Aprendizagem 45 03
ED-55006 Seminário de Tese II – História e Política Educacionais 45 03
ED-52008 Orientação de Tese I 30 02
ED-52009 Orientação de Tese II 30 02
ED-52010 Orientação de Tese III 30 02
ED-52011 Orientação de Tese IV 30 02

  * Os doutorandos podem também cursar disciplinas de Tópicos Especiais

Núcleo de Atividades de Pesquisa
ED-53900 Grupo de Estudos e Pesquisa 60/* 04/*
ED-53001 Seminários Temáticos * *
ED-53002 Seminários Especiais * *
ED-53003 Estudos Individualizados * *
ED 53004 Publicações * *
ED-53005 Estágio de Docência * *
Trabalho de Conclusão
ED-54002 Tese de Doutorado 180 12

 * Créditos variáveis atribuídos segundo os critérios definidos pelo Colegiado do Programa.

 


Ementas


Fundamentos Epistemológicos da Pesquisa em Educação

Condições constitutivas do conhecimento científico. As explicações do conhecimento científico em perspectiva histórica, filosófica e social. A empiria e a teoria das ciências. Ciências da natureza e Ciências Sociais e suas implicações na pesquisa educacional.

Teoria e Educação

Matrizes teóricas da educação contemporânea. Fundamentos epistemológicos, sociológicos e antropológicos das teorias. Contextos históricos e políticos das teorias educacionais.

Seminário Avançado I

Redação acadêmica. Levantamento e análise do Estado do Conhecimento do tema de pesquisa. Uso de recursos online. Análise de teses, dissertações e publicações sobre o tema de pesquisa. Análise da relação forma/conteúdo em livros, teses, dissertações e periódicos da educação. Compreensão do modo como os conceitos, teorias e métodos se correlacionam na dimensão constitutiva dos textos objetivando a comparação entre diferentes abordagens teórico metodológicas. Apreensão da argumentação que sustenta a articulação entre teoria e método na proposição de instrumentos metodológicos e investigações empíricas. Identificação das diferentes abordagens teórico/metodológicas que constituem a produção acadêmica em uma perspectiva crítica.

Seminário Avançado II – Ensino e Aprendizagem

Análise de abordagens teóricas e metodológicas e de pesquisa sobre o ensino-aprendizagem e suas implicações no trabalho docente. Desenvolvimento e aprendizagem. O papel dos sujeitos da prática escolar na construção do conhecimento. A relação entre escola, conhecimento e sociedade.

Seminário Avançado II – História e Política Educacionais

Estudo dos principais aportes filosóficos na análise das concepções teórico-metodológicas da história. Estudo dos principais fundamentos dos Métodos e das Teorias da História e seus desdobramentos na pesquisa em História da Educação. Estado, sociedade e políticas educacionais. Fundamentos teórico-metodológicos da análise de políticas.

Seminário de Tese I

Discussão do projeto de tese, bem como aprofundamento das abordagens e dos procedimentos de pesquisa. Discussão de questões teórico-metodológicas da pesquisa em educação a partir das temáticas de pesquisa dos doutorandos.

Seminário de Tese II

Discussão das abordagens teórico-metodológicas propostas nos projetos de tese dos doutorandos privilegiando a elaboração das etapas da pesquisa e da elaboração da tese.

Orientação de Tese I, II, III e IV

Atividade acadêmica de sistematização do projeto de tese e o seu desenvolvimento, realizada sob orientação e avaliação docente. A produção esperada para cada semestre de orientação será definida pelo doutorando e pelo orientador, de acordo com o projeto pedagógico do Curso de Doutorado.

O Projeto Pedagógico do Curso de Doutorado em Educação estabelece as seguintes diretrizes para o Núcleo de Orientação de Tese:

Orientação de Tese I

A produção esperada da ODT I é o refinamento e aprofundamento do referencial teórico da tese e articulação desses referenciais com os demais aspectos do projeto de tese.

Orientação de Tese II

A produção esperada da ODT II é o refinamento e aprofundamento do referencial teórico da tese e articulação desses referenciais com os demais aspectos do projeto de tese.

Orientação de Tese III

A produção esperada da ODT III é a elaboração do projeto de tese e elaboração e testagem de instrumentos de coleta de dados.

Orientação de Tese IV

Discussão e aprofundamento de questões relacionadas à coleta e análise de dados, estratégias para a elaboração de uma tese integrada e elementos de originalidade na produção acadêmica, redação acadêmica e argumentação. A produção esperada da ODT IV é a finalização do relatório de pesquisa a ser apresentado no Exame de Qualificação de Tese de Doutorado.

Tópicos Especiais (Optativa para alunos de Doutorado)

Estudo de temas relacionados às temáticas de Pesquisa dos pós-graduandos ou de aprofundamento teórico-metodológico das Linhas de Pesquisa do Programa. Os Tópicos Especiais serão definidos a partir das Linhas de Pesquisa a cada semestre.

Núcleo de Atividades de Pesquisa

  1. a) Seminários Temáticos

Apresentação e discussão de temas emergentes, resultados de pesquisa e/ou temas que pretendem atender as necessidades e interesses dos pós-graduandos e dos Grupos de Pesquisa.

  1. b) Seminários Especiais

Seminários conduzidos por pesquisadores convidados, principalmente de instituições com as quais o Programa possui parcerias.

  1. c) Estudos Individualizados

Atividade desenvolvida pelo pós-graduando com o objetivo de complementar os estudos dos mestrandos tanto no núcleo comum quanto no núcleo específico em função das necessidades da pesquisa para a Dissertação. São planejados pelo mestrando em comum acordo com o orientador e aprovados pelo colegiado de curso.

  1. d) Publicações

Trabalhos completos apresentados em eventos e publicações (livros, capítulos, artigos, resenhas). Na atribuição dos créditos são considerados o âmbito e a natureza dos eventos e dos periódicos.

Tese de Doutorado

Texto acadêmico-científico resultante de pesquisa desenvolvida sob orientação, com com discussão de elementos teórico-empíricos e metodológicos na forma de trabalho final, defendido e aprovado publicamente diante de uma banca examinadora. A Tese caracteriza-se pela apresentação de originalidade, argumentação, reflexão teórica densa, rigor científico e emprego de linguagem acadêmico-científica.

Estágio de Docência

O estágio de docência no Ensino Superior é parte integrante da formação do pós-graduando, objetivando a preparação para a docência, e a qualificação do ensino de Graduação sendo obrigatório para todos os bolsistas da Capes – Programa de Demanda Social.

Requisitos para a obtenção do título de Doutor em Educação (de acordo com a Resolução UNIV nº 19 de 29 de junho de 2010):

I – completar os créditos exigidos para Doutorado;

II – comprovar, até a conclusão do segundo ano do curso, a aprovação em exame de duas línguas estrangeiras, podendo-se aproveitar a proficiência comprovada para o Mestrado;

III – ser aprovado no Exame de Qualificação do Doutorado, a ser realizado até o 36º mês do Curso;

IV – comprovar a publicação de uma produção bibliográfica qualificada como primeiro autor e a apresentação de dois trabalhos completos em eventos qualificados, sendo o primeiro autor em pelo menos um dos trabalhos;

V – comprovar a participação efetiva em Grupo de Pesquisa e em seminários ofertados pelo Programa;

VI – ser aprovado na arguição de sua Tese de Doutorado.

Skip to content